CRIANÇAS MEDIÚNICAS

criancasmediunicas

Algumas crianças são mediúnicas, veem, sentem, conversam, intuem, mas o que fazer quando uma criança vinda ao consultório relata uma mediunidade tão aflorada? O melhor é levar esta criança tomar passes no centro espírita, participar da escolinha das crianças no centro espírita ou espiritualista se a criança já estiver maior, quase um pré-adolescente, conjuntamente com o centro que estará frequentando ver a possibilidade de estudar em um centro.
Algo que é muito importante é os pais acreditar e ouvir seus relatos com interesse, mas nunca colocando o filho como alguém especial, pois mediunidade todo nós temos. Quando esta criança chega então aos 7 ou 8 anos de idade toda a ligação com o plano espiritual se corta então a criança fica mais presente aqui e agora ou aterrada ao seu plano físico, mas há alguns que não param de ter suas visões ai devemos observar se é uma mediunidade se desenvolvendo ou alguma ligação com suas vidas passadas. Se caso for mediunidade muito forte podemos então devagar no tempo do adolescente ali pelos 12 a 14 anos encaminhar a estudos no centro espírita ou espiritualista. Muitos centros espíritas estão abrindo os estudos as crianças para que devagar com o estudo da doutrina sua mediunidade possa somar em suas vidas e não ser motivo de atrapalho, já os centros espiritualistas estão recebendo jovens que tem a liberdade de primeiramente dar mais dedicação aos estudos de seus colégios e depois a seus estudos mediúnicos. Vale lembrar que os grandes gênios da humanidade fizeram seus grandes feitos muito novos, talvez canalizando todo o aprendizado do plano espiritual.
Na verdade não podemos mais fugir ou negar, crianças mediúnicas estão por toda parte, mas já estavam aqui as crianças mediúnicas só que se falava menos, tínhamos menos informação sobre espiritualidade ,mas hoje com tudo que sabemos ,com a nossa nova consciência não podemos fingir que elas não estão aqui, só que haverá um momento que a mediunidade ,a clarividência a intuição farão parte de nossa vida cotidiana como se fosse algo normal como comer ou dormir, é a nova era a era do amor e do perdão.

Juliana Vergütz
Psicoterapeuta Reencarnacionista

CONSULTÓRIO:
Rua Adão Baino, 146 – Bairro Cristo Redentor
Porto Alegre – RS – CEP 91350-240
Fone (51) 3517-6595

Deixe uma resposta